Amor

(2014)

Amor fala sobre  impermanências. Um sentimento que como a própria vida, irremediavelmente caminha para um fim. Essa dissolução passa quase despercebida diante de nossos olhos.  Enquanto sentimos, diluimos aos poucos nesse aquário maior que é o tempo.

 

registro em vídeo: Paula Kossatz e Pedro Farina

 

Exposição Curto-Circuito - Rio de Janeiro (2014)

 

 

Thiago Antonio

Amor (2014)

Copo de água e impressão sobre acetato

4 x 12 cm