Videolivros

Um poema amplificado, imagem, som, verbo, que se construísse na brevidade do fluxo, e fosse lido/visto/ouvido coletivamente, com a mesma condição inerente ao cinema. Que fosse como um livro, um filme, uma leitura, uma audição, tudo tranfundido na mesma liga. Porque afinal, haveria um suporte único que coubesse dentro da poesia?

Na série "videolivro" eu abordo minhas relações afetivas com meu entorno, e a partir de um diário com imagens do meu acervo pessoal eu construo um texto amplificado e através dos meus deslocamentos eu vou de encontro ao meu principal interesse: o circuito dos afetos diários e as convivências.

Videolivro #04 –(2015)

Música: Orson Meirelles

Vídeo 06’42”

Entrelinhas (2013)

Trilha trilha original: Sean Diss
Participação especial voz: Camille Diss Goulart

04’42”

Videolivro 01

Nostalgia de mim (2012)

Música: Jonh Cage - In a Landscape

Video projetado sobre folha de papel vegetal

03’12”